A grande vantagem da Indústria 4.0 é agregar todas as tecnologias que já existem com uma única finalidade: otimizar a eficiência e reduzir desperdícios. Entenda o papel da usinagem de precisão neste novo ambiente industrial.

O conceito de Indústria 4.0 foi desenvolvido na Alemanha e faz referência a alguns aspectos que, com certeza, você já ouviu falar: quarta revolução industrial, indústria inteligente ou ciberindústria. 

Apesar de tudo isto soar muito futurista, não é nada mais que conectar todos os pontos de uma empresa para obter uma muito mais inteligente, automatizada e efetiva.

Mas, quais são os princípios desse novo conceito industrial? Sua empresa está preparada para esse novo panorama competitivo?  Acompanhe a seguir os fundamentos básicos sobre esse tipo de indústria e as vantagens que ela vai gerar.

6 princípios da Indústria 4.0

  • Operação em tempo real: operar em tempo real é basicamente requisitar, tratar e analisar todos os dados de qualquer área da indústria (desde recebimento, operação, fabricação e logística) tomando decisões em tempo real.

Desta forma, há um aumento na assertividade, pois é possível acompanhar todas as etapas do processo no momento em que as decisões acontecem.

  •  Virtualização: consiste na criação a de uma cópia virtual de toda a indústria em servidores específicos. A grande vantagem da virtualização é a rastreabilidade e monitoramento remoto de TODOS os processos através de sensores industriais espalhados em toda a planta fabril.
  •  Descentralização: trata-se do aprimoramento dos processos de produção através da descentralização da tomada de decisões, que poderá acontecer por meio do sistema ciber-físico e das próprias máquinas, que passam a fornecer informações sobre o ciclo de operação.

Na Indústria 4.0 as máquinas não receberão apenas comandos, mas fornecerão informações em tempo real sobre seu ciclo de trabalho e poderão estar programadas para se auto ajustar no que for preciso para deixar a indústria sempre eficiente.

 

  • Orientação a serviços: serviços e operações são orientados e estruturados através de softwares específicos, que também estão virtualizados e conectados com toda a indústria.
  • Modularidade: é a produção baseada sob demanda, que permite maior flexibilidade na alteração de tarefas previstas para as máquinas.

É importante destacar que a indústria fica dividida em módulos independentes e inteligentes, que se comunicam entre si, para utilizar somente os recursos necessários para cada operação, otimizando processos e diminuindo drasticamente os custos de produção.

  •  Interoperabilidade: A ideia deste princípio é basicamente ter sistemas cyber-físicos, sistemas humanos e softwares que se comuniquem entre si através da IoT (Internet of Things).

De uma forma mais simples, e objetivo principal da Indústria 4.0 é criar fábricas inteligentes com a capacidade e autonomia para agendar manutenções, prever falhas nos processos e se adaptar aos requisitos e mudanças não planejadas na produção.

Papel da usinagem de precisão na indústria 4.0

A usinagem de precisão tem um papel essencial no progresso da indústria 4.0, desenvolvendo peças de alta qualidade que permitam aos equipamentos 4.0 atingirem o seu máximo desempenho.

Atualmente mais empresas investem em maquinários modernos e desenvolvem um ambiente industrial conectado a grandes bancos de dados, tornado essa tecnologia mais acessível.

Um exemplo disso são os sensores 4.0, que são utilizados para coletar as informações do ambiente. Quando instalados, é possível monitorar a temperatura, pressão, umidade e até mesmo a velocidade do ar, possibilitando analisar como estes fatores estão influenciando a produtividade da empresa.

Na Index estamos sempre atentos às inovações que favorecem toda a indústria. Para isso contamos com equipamentos modernos e uma equipe especializada e preparada para fornecer sempre as melhores soluções em usinagem.

Entre em contato e saiba como podemos te ajudar.

www.indexusinagem.com.br